O novo RGPD pretende regular o tratamento de dados pessoais nas organizações, com novos conceitos, novos princípios e novos direitos para os titulares. É transversal na organização e implica implementar um sistema de gestão de segurança e risco da informação - não se cinge apenas a questões legais e ao IT.

By Ricardo Santos
Consultor Estratégico para a Modernização Administrativa e Sistemas de Informação

 

O novo RGPD preconiza um modelo de autorregulação por parte das entidades responsáveis pelo tratamento de dados pessoais, exigindo uma utilização criteriosa e controlada da informação documentada das organizações, que pode perspetivar alterações com impacto relevante nos seus sistemas de gestão, tanto ao nível do desenho dos processos como das ferramentas que lhes dão suporte

By Virginia Linhares
Consultora, formadora e auditora em sistemas de gestão – Qualidade, Ambiente, SST, Formação, Serviços de TIs e Segurança da Informação

Inscreva-se no evento ou solicite-nos mais informação:


Regulamento Geral de Proteção de Dados